Forever Young – meus votos para 2017

E lá se vai este ano infeliz… Duvidoso pensar que 2017 será melhor. Em todo caso, no ano ainda por nascer, um bom propósito é ser e continuar encarando a realidade de maneira… jovem. É o que nos convida, desde os anos 60, o egrégio Prêmio Nobel de Literatura de 2016, Bob Dylan. Ele não foi recebê-lo, tudo bem: além de gênio precisa ser educado? … Continuar lendo Forever Young – meus votos para 2017