O rito das Sapucaias

Viver em Brasília é bom e é cheio de surpresas, não somente “apesar”, mas também por causa do clima e da natureza que marcam este quase-deserto, que precisa apenas de olhos generosos para ser devidamente apreciado. Como no caso destas amigas. Todos os anos elas comparecem, vestidas com um manto que é algo entre o…

Calendário florístico do DF: os ipês de agosto

Em junho postei aqui o registro da florada do ipê roxo, Tabebuia impetiginosa, nome que coloco a salvo de controvérsias botânicas, das quais prefiro manter distância. O que tenho a dizer é que nos 25 anos que moro em Brasília já observei que esta espécie mostra sua esplêndida florada ainda no primeiro semestre do ano,…

Calendário florístico de Brasília: Ipê Roxo

Ipê roxo, que beleza, não? Para dizer alguma coisa sobre ele, é preciso muita pesquisa – além de paciência – pois as fontes habituais são bastante prolixas e mesmo confusas. Vamos a Harri Lorenzi, que é reputado como muito confiável, quando o assunto são as árvores brasileiras. Do ponto de vista botânico ele pode ter…

Calendário florístico: Quaresmeira

Quaresmeira ou Tibouchina candolleana, para os íntimos. Da família Melastomataceae. Quem não conhece? A da mata é outra. Estamos falando daquela que enfeita o cerrado, logo que terminam as chuvas em março, coincidindo com o período da quaresma, mas ultrapassando esta em termos de duração da florada. Daí seu nome. Ela é nativa do cerrado,…

Ainda o calendário florístico

Esta não está em toda parte e nem é utilizada regularmente como arborização oficial aqui em Brasília. Ela coloca de novo o amarelo em cena, em pleno mês de abril, depois do espetáculo das canafístulas de dezembro e janeiro. Recorro ao mestre Harri Lorenzi: ela é a Senna multijuga, que tem como nomes populares pau-cigarra,…

Calendário florístico do Planalto: paineiras

Depois da amarela canafístula, de janeiro, a próxima florada espetacular de Brasília é a da paineira rosa. Ou melhor, das paineiras, em vários tons de rosa, chegando ao púrpura e do outro lado do espectro, ao branco. Vamos ver o que dizem delas os alfarrábios… Ela é árvore nativa do Brasil, de nome científico Chorisia…