Oração a Santa Coerência

Santa Coerência, de minha especial devoção, Rainha das remotas paragens da Alta Razônia, Senhora das fronteiras do Cogitum – socorrei-me! Será que estarei somente eu certo diante de um monstruoso sistema de erros? Ou, bem ao contrário, serei apenas um ser equivocado e errático numa terra onde estão todos cobertos de razão? Minha Santa, fazei…

Carne fraca & política podre

Águas de Março, 2017. É pau, é pedra, é carne, é podre, é papelão, é laudo falso – é o fim da picada… É a moralidade que finalmente se incorpora aos costumes brasileiros? É uma briga de facções de delegados da Polícia Federal? Ou quem sabe uma disputa entre gangs do SIF – Serviço de…

Não faltaria alguém em Bangu ou em Curitiba?

Eis que o Brasil se compraz e se regozija com Eike Batista preso. Ótimo, ele fará boa companhia (embora em prisões diferentes) a Sérgio Cabral, Cerveró, Youseff e outros. É o Brasil varonil que vai pra frente? Nem tanto, a meu ver. E a questão que levanto, de um tipo um tanto  “diabólico”, é na…

A Besta está de volta? Ou quem sabe ela nunca foi embora?

É só abrir os jornais que sua nefasta presença se nota. Temer diz que sua augusta figura é a garantia de estabilidade. Padilha se regozija com a morte de Zavascky, alegando que isso dará “mais tempo“ ao governo. Os “acidentes” nos presídios não podem afetar a vida do país, que precisa crescer com “ordem e…

Eduardo Gianetti: uma voz rara no Brasil atual

Está difícil acreditar em alguém ultimamente, não só no Brasil como em outros lugares do mundo. Trump não seria um fenômeno isolado. A imprensa, que um dia foi guardiã das liberdades e da democracia não foge à regra geral. Os jornalões não se contentam apenas em formar opiniões, mas também em deformá-las e até produzi-las.…

Pelas tabelas (será que eles achavam que era ela?)

Confesso que ainda não tenho opinião firmada sobre as manifestações de ontem, dia quatro de dezembro de 2016. Assim, no calor do lance, o que vejo é a avaliação de público variar de cinco mil, pela PM de São Paulo, até a mais de 50 mil, pelos organizadores. Já se vê que, pelo menos no…

Polícia, pra que Polícia…

Tempos de intransigência e intolerância estes… Quando vemos a polícia atirar e bater, nossa ira cidadã se alevanta e bate na gente uma enorme desesperança, como só nos tempos da ditadura experimentamos. Ou melhor, aqueles que foram testemunhos diretos da mesma, porque muitos dos outros que estão aí a deplorar a violência policial, o arbítrio…