A morte e a morte de Aylan Kurdi

AYLANMorre uma criança, nada poderia ser tão terrível. Pior, de forma violenta, por afogamento. E se algo ainda pudesse piorar o drama, morre ao tentar fugir, junto com sua família, do inferno em sua terra natal, a Síria, em busca de uma nova vida na Europa, que por sua vez não lhes favorece abrigo. Assim é o mundo de hoje.

De quem seria a culpa? Da bestialidade, da intolerância, do preconceito, do individualismo, da maldade que parece fazer parte cada vez mais pulsante da natureza humana. Continuar lendo “A morte e a morte de Aylan Kurdi”

Anúncios