O livro A unanimidade faz mal a saúde

Capa do livro A unanimidade faz mal à saúde

Capa do livro
Edição EDUFU – Uberlândia, 2013

A unanimidade faz mal à saúde

Antes, neles se mesclam a visão do gestor do Sistema Único de Saúde, do pesquisador acadêmico e também do cidadão comum, muitas vezes estarrecido e indignado. Assim, uma crítica à flagrante “unanimidade” que, segundo o autor, cerca e contamina o SUS é o que está mais próximo de ser o fio condutor deste livro. Seu ponto de partida é uma situação corriqueira no cenário nacional, caracterizada pelas críticas e ataques generalizados à saúde pública, conforme repercutido na mídia e entre muitos segmentos sociais.

Contudo, o que se vê no plano interno do SUS, é uma marcante unanimidade na sua defesa, o que, sem dúvida, acarreta um problema fundamental: a rejeição ao pensamento mais crítico, mesmo que intencione aprimorar o sistema. Assim qualquer crítica ou proposta de mudança costumam ser taxadas de revisionistas ou coisa que o valha, dentro de um discurso militante e pretensamente competente, que não abre brechas para as posturas na contra mão.

Trata-se, evidentemente, de uma postura equivocada, ao não considerar que também as construções dependem de alguma forma de desmonte e arejamento do terreno. Enfim, é impossível não mencionar Nelson Rodrigues e sua famosa afirmativa sobre a natureza pouco inteligente das unanimidades. Na discussão de saúde ela se torna mais aplicável, ainda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s