Estrambótica política

TRÊS PATETASResolvi dar uma olhada nos resultados eleitorais de duas cidades onde vivi, BH e Uberlândia, encontrando ali coisas curiosas, que mostram como a política brasileira anda mesmo – para dizer o mínimo – surpreendente – evitando, assim, qualificativos menos agradáveis.

Na Capital das Gerais, mesmo sendo atleticano de coração, não fiquei particularmente feliz ao saber que o segundo turno para prefeito será disputado por um cartola e um ex-goleiro do glorioso Galo. Afinal, todo mundo sabe que ex-(d)esportistas na política quase sempre não fazem jus à glória que auferiram quando eram jovens e corriam soltos pelos estádios. Hoje, alguns correm do Ministério Público ou da Polícia Federal. A César o que é de César; à bola o que é da bola – e estamos conversados, não é Romário?

Agora, curiosos mesmo são as alcunhas de algumas das excelências que passarão a freqüentar (algumas que já freqüentam) a Câmara de Vereadores belzontina…

Vejam as pérolas que encontrei: Catatau da Itatiaia, Eduardo da Ambulância, Claudio da Drogaria Duarte, Hélio da Farmácia, Nely do Valdivino, Pedrão do Depósito, Repórter Rafael Martins, Wesley Autoescola, Bim da Ambulância, Juninho Los Hermanos, Reinaldo Preto Sacolão, Léo Burguês. Em campo próximo, em termos de coisa pitoresca, temos um certo Doorgal Andrada – mas quanta criatividade para um nome, meu Deus! Cida Falabella também está lá, quem sabe numa alusão a seus dotes oratórios.

E tem ainda uma gama de gente assim identificada: Pastor Henrique Braga, Doutor Nilton, Professor Wendel, Bispo Fernando Luiz, como se tais condições profissionais ou de opção religiosa tivesse algo a ver com a prática da boa política.

Dá pra ver que ambulâncias e farmácias, além de igrejas evangélicas, constituem hoje bons trampolins para a política. Daí advêm, talvez, as trampolinagens que se vê com freqüência entre tais agentes. Entendi, também, um velho aforismo que aprendi com um amigo nos anos 90, a respeito da definição precisa do equipamento de saúde chamado “ambulância”: veículo destinado a transportar… pacientes? Não, eleitores!

Para não ficar só no exótico e no estrambótico, vejo também que a candidata mais votada é Áurea Carolina, do PSOL, novata na política, mas já com um currículo relevante na defesa de direitos humanos e defesa das minorias. E ela teve mais de dezessete mil votos! Viva!

Mas os caminhos da política em BH, em resumo, são pedregosos e preocupantes. Vejo, por exemplo, que os partidos com as maiores bancadas são os expressivos e impressionantes PHS e PTN com quatro vereadores cada. Na sequência, com três eleitos, os mais ainda famosos PT do B e PMN, além do PSB e do PSDB. O PT, coitado, como aconteceu em todo o país, murchou…

Em Uberlândia, de acordo com o previsto, ganhou de novo o Sr. Odelmo Leão, prefeito pela terceira vez. Ele repete, assim, uma tradição da cidade. O principal derrotado, Gilmar Machado, do PT, candidato frustrado à reeleição, repetiu o mantra habitual, colocando a culpa de sua derrota em fatores externos, entre eles a ação do Ministério Público, jamais nos erros que ele próprio ou seu partido tenham cometido. Nada de novo, portanto.

Entre os vereadores, não encontrei as mesmas emoções que a lista da capital me proporcionou. Há um Doutor e um Pastor, mas curiosamente dois candidatos apelidados como “Baiano” e “Ceará” que são estritamente mineiros, pelo que li em suas biografias. Só espero que sejam mais fiéis a seus eleitores (porque fidelidade ideológica seria pedir demais), do que o são em termos de lugar de origem.  Vá se entender políticos como esses.

Encerrando este mero exercício de ocupação de tempo vago (nada mais), devo dizer que o melhor é não termos preconceito contra nomes estranhos na política. Com efeito, procurei, nas listas nacionais, por alguém de alcunha “Dudu da Petrobrás” ou “Dudu do Trust” e não localizei ninguém. Ou seja, o nome Eduardo Consentino da Cunha parece normal e até mesmo revestido de certa nobreza, mas diz muito pouco a respeito do caráter de quem o ostenta.

 

Salvar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s