Diário de Sophia (dois aninhos)

SOPHIAPois é…. O tempo passou depressa. Quando me dei conta, dois aninhos! Ah, tive uma linda festa. Mamãe preparou tudo com o maior capricho. Papai deu uma ajuda também, fazendo estes versinhos para o meu convite: Venham todos, ninguém falte / À minha primeira festa / Falar ainda não posso / Nem dois passos chego a dar / Mas sei mostrar meu encanto / E faço esta promessa: / Vou bater muitas palminhas / Abrir um sorriso e tanto / Para todos agradar. .. Gostaram? Veio muita gente. Meus irmãos de Brasília: Mauricio, Lela e também a Lili e a Dili que são como minhas irmãs também. Veio minha vovó Luci, lá de Frutal, com o vovô Totô. Foi bom demais! E mamãe mandou fazer um vestidinho cor-de-rosa para mim, que ficou uma graça. Eu virei uma mocinha! Depois descobri que a gente faz aniversário e ganha muitos presentes. Mas que passando a festa tudo fica como antes. Não dá nenhum trabalho ficar mais velha! Depois é que descobri que depois que se faz um ano muitas coisas mudam na vida da gente. Comecei a falar, a andar, a pular, a saber de muitas coisas, a ter muitos amigos. E a fazer muita bagunça também!  Conheci muitos lugares diferentes. O Sítio do Papai, por exemplo, onde eu já tinha ido antes, mas não me lembrava de nada. Agora vou, gosto muito e sempre me lembro das coisas de lá. Das galinhas, dos banhos de ducha, dos passeios, da casa gostosa que tem lá, da Rosângela, que vem brincar comigo, da Ceci… Tem também muitos cachorros, que eu ainda chamo de au-au, que vêm me ver e eu gosto muito de conversar com eles também. Mas eles ainda não entendem o que eu falo… E tem uns banhos de banheira e de ducha que são uma delícia. Eu adoro! Mas já ando falando muitas coisas, querem ver? PAPA-Í = papai; MAMÃ-Í = mamãe; BABÍO ou BABINHO = Flavinho; ITA = RITA; TATÍA = Dona Gracinha; IÁ = Ian (vizinho); PITU = Pedro Augusto (amiguinho); CAA PAPA-Í = carro do papai; BÓ = bola; BENENA = banana; M’NINA = menina; Ú = suco; AU-AU = (esta é manjada…); E-GÔ = chegou; NÃO = (adivinhem?); CA-ÍU = caiu; GOL = gol mesmo; XUCÔ XUXU = machucou Xuxu; PA-Á = passear; ABI ABI ABI = abre; ACO ACO ACO = água; CA-IM = carrinho; TAO = tchau; BÔ = c’est fini… Mas isso foi em novembro do ano passado, de lá para cá aprendi muitas outras coisas e mudei a maneira de dizer algumas. Dona Gracinha, que eu adoro, por exemplo, virou GAQUINHA; Rita virou GUITA e depois ITA, de novo. Flavinho, meu irmãozinho querido continuou sendo BABINHO. Ai! Cansei! Depois continuo, ta bom?

 

O papai cismou de me chamar de XUXU e eu agora também repito isso, meu apelido, de que gosto muito. Aponto para as fotos minhas com o Papai e sempre explico: PAPAI XUXU! Tem uma palavra dessas aí que eu gosto muito, repito ela o dia inteiro. Sabem qual é? NÃO! E falo NÃO até quando quero dizer SIM. Ninguém entende… De todos os lugares que conheci, acho que gostei mais foi da praia. Lá é muito legal: tem água salgada, tem areia, muito vento e muita chuva. Mas é legal assim mesmo. Fui lá com um montão de gente: Mamãe, Babinho, Guita, vovó Luci, vovô Totô, tia Marilena e Ti’Zenrique. Passeamos muito, até no Beto Carreiro e eu me diverti muito. Andei de barco com uns piratas de lá e eu não fiquei com medo deles. Coisa boa que aconteceu nestes últimos tempos foi que arranjei muitos amigos, tenho um monte agora. O principal vocês já sabem quem é: Babinho! Mas tem também o Pitu (Pedro Augusto), o Fefê (Felipe), o Iá (Ian), a Buna (Bruna), o Vico (João Vitor), o Biel (Gabriel, meu priminho que mora bem longe, lá em São Paulo). O Biel é bagunceiro que nem eu! Às vezes ele briga comigo, mas o Babinho sempre aparece para me salvar. Gosto muito do lugar onde moro, também, Brasília. Aqui tem muitas coisas boas! Papai e Mamãe sempre me levam para passear, no shopping, no parque, na praça e em outros lugares que gosto muito. Quase sempre tomamos sorvete, eu gosto mais do de chocolate. O Babinho também. Gosto muito de passear de carro, ainda mais agora que já estou ficando mocinha, Papai me deixa até dirigir o carro dele! Imaginem! Pensam que eu não sei dirigir? É claro que sei. Mexo em tudo, na seta, nas luzes, no radio, no ar condicionado… Até na alavanca de mudanças. E adoro rodar aquele dirijo… Quando Papai entra no carro ele fica doidinho… Está tudo fora de lugar… Babinho ás vezes dirige comigo e eu gosto dele ao meu lado, pois Babinho tem mais experiência nesta coisa. E fazemos cada viagem… Tive muitas visitas, já ia me esquecendo. Lembro-me só de algumas: Madrinha Guta, tia Rosali, vovó Favita e vovô João e Tia Myrinha, que vieram de Belo Horizonte só pra me ver! Ah, esqueci do Natal! Veio todo mundo de Frutal, menos o vovô Totô, que nos deixou. Ganhei muitos presentes. O que mais gostei foi um velocípede de menininha, que tem até lugar para eu levar minhas bonecas. Mas aqui entre nós, entre bonecas, carrinhos e bolas, prefiro mais estes últimos dois. Não tenho muita paciência para bonequinhas. Já basta eu! Um dia promote que continuo estas memórias, agora vou brincar com o Babinho. Tchau!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s