Saúde e democracia

Amigo, li seu texto com o carinho de sempre e só posso dizer que ele prima pela correção. Entretanto, essa correlação entre “SUS e DEMOCRACIA” creio que deve ser ampliada e melhor compreendida… Sem me aprofundar muito (poderia fazê-lo junto com o nosso grupo, em próxima oportunidade) acho que tal correlação, posta de forma biunívoca, como fizeram (fizemos) os atores da reforma sanitária é pouco … Continuar lendo Saúde e democracia

Uma entrevista explosiva

BOMBA HEm 2006 dei uma entrevista para a Revista do CONASEMS, órgão que eu havia ajudado a fundar em 1988. O jornalista que me entrevistou considerou as minha declarações “explosivas”. Eu defendi, então, que os grandes inimigos do SUS estavam , na verdade, dentro do SUS. E acrescentei: “para os planos de saúde o SUS é ótimo. O SUS não é concorrente para eles, até pelo contrário, ele resolve o problema deles com as vacinas, o combate aos mosquitos, os transplantes, a UTI neonatal. Dentro do governo eu não acho que as várias equipes econômicas que se revezaram na Esplanada nos anos FHC e Lula, com práticas muito semelhantes, também não foram os verdadeiros inimigos do SUS. Para mim, os grandes inimigos do SUS sempre estiveram dentro dele, citando o corporativismo como tal. Acho que foi por isso que nunca mais me entrevistaram e nem me chamaram para eventos ou esporádicas consultorias dentro da entidade. Paciência.;; Continuar lendo “Uma entrevista explosiva”

Sob as luzes da ribalta

Você é contra ou favor a atuação do Ministério Público? Assim posta, a pergunta nem faz sentido. Até Eduardo Cunha diria que é plenamente a favor… Mas o que temos assistido no Brasil às vezes lança preocupações, não sobre o objeto de tal ação, mas sobre os modos como ela é realizada. A sensação que tenho às vezes – e me baseia nas palavras públicas … Continuar lendo Sob as luzes da ribalta

Será que a Saúde no DF tem jeito?

Pelo que diz a imprensa, estaria eminente mais uma troca de secretário na saúde do DF. A terceira (ou quarta?) no atual governo. A pergunta que não quer calar é: será que o buraco é este mesmo? Ou seja, em torno dos nomes que dirigem a pasta? Pode ser que o furo esteja em outro lugar, por exemplo, nos jogos de interesses internos e externos … Continuar lendo Será que a Saúde no DF tem jeito?

Diet ou Light?

O assunto interessa diretamente a quase 40 milhões de brasileiros, ou seja, a soma dos que são diabéticos, portadores de restrições alimentares diversas ou peso corporal acima do recomendável. Para não falar daqueles que se preocupam com a qualidade do idioma falado no País. Falo por mim: sou diabético há mais de 30 anos, sou médico e, além disso, entendo razoavelmente a língua inglesa. Mesmo … Continuar lendo Diet ou Light?

Brasil já vai à guerra…

Brasil já vai à guerra… Como se não houvesse tantos inimigos internos (externos, por certo, não há…), nossa presidente, mesmo rodeada de terríveis predadores e parasitas, escolheu o Aedes aegypty, com direito até mesmo a usar as forças armadas contra ele, O pior é que também este inimigo é poderoso, embora contra ele não valham chicanas de advogados ou  manipulações regimentais. Agora, para piorar ainda mais … Continuar lendo Brasil já vai à guerra…

Saúde da Família: o que pensa, em que acredita e o que quer essa gente?

Medicina de famíliaEntre 2014-15 participei de uma pesquisa nacional realizada entre pessoas que militam na área da Atenção Básica/Saúde da Família no Brasil, seja como gente da ponta da linha, pesquisadores e gestores. Tive a boa companhia de Solon de Magalhães Viana e Sérgio Piola.Os resultados foram muito interessantes. Afinal, o que pensa, em que acredita e o que quer essa gente? Continuar lendo “Saúde da Família: o que pensa, em que acredita e o que quer essa gente?”